Homem é condenado a quase 20 anos de prisão por encomendar morte da ex-namorada

Depois de 12 horas de julgamento, o criminoso Jedeon Jeová Abreu, 33 anos, que é apontado pela polícia por encomendar a morte da ex-namorada Naira Reis Paixão, foi condenado a 19 anos e 10 meses de prisão em regime fechado. O julgamento foi realizado nessa terça-feira (19), no Fórum Henrique de La Roque.

Naira foi assassinada com um tiro no rosto, quando trafegava em uma motocicleta, no dia 7 outubro 2016, um mês antes dela completar 27 anos. O crime aconteceu a 200 metros de sua casa, na rua XV de Novembro, em Imperatriz. O inquérito policial aponta que os dois tiveram um rápido relacionamento amoroso, dias antes do crime, e que Naiara não queria mais ficar com ele.

Inconformado com o fim relacionamento, Jedeon Jeová pagou a quantia de R$ 500 a um adolescente, de 16 anos, para assassinar a mulher. O adolescente, que foi apreendido no dia seguinte ao crime, confessou que foi contratado para atirar em Naiara. Ele disse que Jedeon estava pilotando a moto que o levou ao local do crime.

Jedeon Jeová foi preso dois meses depois do crime e confessou o envolvimento na morte da mulher. O adolescente, suspeito de atirar em Naiara, foi colocado em liberdade logo depois da prisão de Jedeon Jeová.

Imirante

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: