Homem é morto a facadas e degolado em São Luís

Mais um corpo foi encontrado com sinais de violência na zona rural da capital. Em um intervalo de 24 horas ocorreram dois casos. Na manhã de ontem, foi achado o corpo de Marco Antônio Sá Torres, de 26 anos, em uma área de matagal, na Vila Samara. A vítima foi degolada. De acordo com a polícia, esse crime teria foi cometido por faccionados.

O delegado George Marques, da Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP), declarou a vítima foi abordada pelos criminosos na tarde de quarta-feira, 23, e levada para a área de matagal. No local, ela foi torturada e assassinada com arma branca.

Somente na manhã de ontem o corpo foi achado por populares que acionaram a polícia. A cabeça da vítima estava ao lado do corpo, que apresentava várias perfurações de faca.

O delegado informou, também, que a vítima tinha passagem pelos crimes de tráfico de droga e roubo. Esse possivelmente foi mais uma vítima do tribunal do crime, que é coordenado por integrantes de facção criminosa. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga. Ainda na quarta-feira, 23, um vídeo circulou na rede social em que mostrava esse crime.

A polícia identificou ontem o corpo do sexo masculino, que foi encontrado no período da manhã do último dia 23 em uma área de lixão, localizada na Ribeira, e trata de Mauro César de Jesus Silva, de 35 anos. Segundo a polícia, a vítima teve os olhos retirados e as orelhas cortadas. Esse crime ocorreu nas imediações do Mercado do Peixe, na área do centro, e a vítima foi abandonada na área rural de São Luís. Até o começo da noite de ontem não tinha registro de prisão dos criminosos.

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: