Idoso confessa que matou esposa e a enterrou no banheiro, depois de 24 em silencio

Um idoso, de 64 anos, identificado como Jairo Narciso da Silva, confessou em uma delegacia de Cuiabá, que teria assassinado a esposa há 24 anos. Ele afirmou que teria enterrado o corpo da mulher, identificada como Luzinete Leal Militão, no banheiro da casa e vendeu o imóvel.

De acordo com Jairo, a motivação para o assassinato teria sido o pedido de separação por parte da esposa. A vítima foi golpeada na cabeça com uma barra de ferro e asfixiada. Luzinete tinha 28 anos na época do crime.

Ainda de acordo com o idoso, após matar a companheira, ele foi até a delegacia e relatou que Luzinete teria ido embora e o deixado com dois filhos pequenos.

A casa onde o casal morava, localizada no bairro Jardim das Palmeiras em Cuiabá foi vendida após o crime. A polícia aguarda a nova proprietária voltar de uma viagem para fazer uma escavação para encontrar os restos mortais de Luzinete.

Jairo foi ouvido pela polícia e liberado. A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: