Investigações apontam PM como suspeito de duplo homicídio em Imperatriz

As investigações para elucidar um duplo homicídio, que aconteceu na madrugada de sábado (26), em uma chácara no município de Imperatriz, apontam que um policial militar seria o autor dos disparos. Além das mortes, mais duas pessoas ficaram feridas.

“Segundo informações que a gente está sabendo, é que se trata de um policial. A gente espera por justiça, que a justiça seja feita. Por causa de uma confusão terminou nisso. Porque a pessoa pega uma patente pode pegar uma arma e sair atirando e ficar imune. Queremos justiça”, clama um parente de uma das vítimas.

De acordo com a polícia, um policial militar se apresentou e prestou depoimento nesse domingo (28). O PM, que não teve o nome divulgado, informou que efetuou um disparo durante a confusão na festa que os jovens foram mortos, mas que não teria atingido ninguém. A polícia segue com as investigações, visando elucidar o caso.

As mortes aconteceram após uma briga generalizada numa festa. Na confusão foram baleados e morreram Luciano dos Santos Lopes, 21 anos, Lucas Gustavo Camelo Chaves, 23 anos. Luciano morreu no local, enquanto que Lucas foi socorrido ao hospital, mas morreu antes de ser submetido a intervenção cirúrgica. Duas mulheres ficaram baleadas e deram entrada no hospital.

Mais informações:

Polícia investiga duplo homicídio em chácara no município de Imperatriz

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: