Irmã de Mariana Costa destaca: “é uma luta de amor, não uma luta de vingança”

Juliana Costa, irmã de Mariana Costa, falou sobre a expectativa do julgamento de Lucas Porto, acusado de ter violentado sexualmente e assassinado, por asfixia, a ex-cunhada.

Após dois adiamentos do júri popular, Juliana afirmou, em entrevista à Rádio Mirante AM, na manhã desta quarta-feira (30), que espera que o julgamento comece e seja finalizado desta vez. Ela ressaltou que esta é uma luta por amor à irmã. (Ouça a entrevista completa ao fim da matéria).

Leia mais:

Caso Mariana Costa: acompanhe o 1º dia de julgamento de Lucas Porto

Lucas Porto vai a júri popular hoje no Fórum Desembargador Sarney Costa

“Então nós estamos aqui mais um dia nessa luta por justiça. Nós sabemos que é uma luta de amor, não uma luta de vingança. Amor por Mariana e por todas as mulheres”, disse.

Juliana também acrescentou que a defesa do réu confesso tem feito manobras que retardaram o julgamento. “Isso tudo são manobras pra poder adiar a condenação do acusado (…) Por que tantas fugas? Quem se diz inocente não foge”, pontuou.

“Lucas é um réu confesso. Ele precisa pagar pelo crime que cometeu, pelo sofrimento que ele vem nos causando há quatro anos e sete meses. A gente sabe que mariana não voltará, mas há um consolo em nossos corações saber que a Justiça da terra foi estabelecida”, acrescentou Juliana.

O primeiro júri popular de Lucas Porto foi marcado para fevereiro deste ano, tendo sido remarcado porque faltavam os laudos das perícias requeridas pela defesa e os peritos não haviam respondido os quesitos de outro laudo que a defesa apresentou. Em maio, o advogado de defesa, Ricardo Ponzetto, abandonou a sessão e o julgamento foi mais uma vez adiado para o dia 30 de junho. Lucas Porto está preso no Complexo de Pedrinhas desde 2016.

O crime

Segundo a polícia, Mariana Costa estava dormindo em seu quarto, quando foi atacada pelo acusado. Ela travou luta corporal para se proteger do ato violento, mas sofreu esganadura. A vítima desmaiou e foi sufocada por um travesseiro. O criminoso ainda ejaculou em cima da cama da publicitária e fugiu. A vítima foi encontrada desacorda por vizinhos e levada para o hospital onde chegou sem vida.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: