Jorge Jesus no Atlético-MG? Flamengo pode levar chapéu do Galo após treinador deixar o Benfica

Benfica anunciou nesta terça-feira, 28, a rescisão do contrato do treinador Jorge Jesus, de 67 anos. Contratado em 2020 após fazer sucesso no Flamengo, onde conquistou cinco títulos (entre eles um Brasileiro e uma Libertadores), o português decepcionou em seu regresso ao clube encarnado e não repetiu o sucesso da passagem anterior, entre 2009 e 2015.

Pelo contrário: sob o comando de Jesus, a equipe benfiquense terminou a edição 2020/2021 da liga portuguesa na terceira posição e permaneceu atrás dos rivais Sporting e Porto na atual temporada. “O Sport Lisboa e Benfica informa que, de comum acordo entre as partes, Jorge Jesus já não é treinador do Benfica.

A Sport Lisboa e Benfica SAD agradece a Jorge Jesus todo o trabalho desenvolvido ao longo do último ano e meio e deseja-lhe as maiores felicidades para o futuro. Mais: acrescenta que cumprirá com todas as obrigações contratuais até ao término do vínculo laboral existente ou até que Jorge Jesus e a sua equipa técnica assumam novo compromisso profissional. Nélson Veríssimo assume hoje as funções de treinador”, informou a agremiação lisboeta.

“Este projeto do qual eu saio chegou ao fim. Vim sempre pensando que sou uma solução e não um problema”, declarou Jesus. “Para aquilo que são os interesses do Benfica e o melhor para todos, achei por bem que esta decisão fosse a melhor para ambas as partes. A minha vida vai continuar como sempre, trabalhando com amor e paixão. Tive muita honra em, mais uma vez, ter voltado a esta casa e defendido os interesses do Benfica.” Ídolo do Flamengo, o treinador virou a principal opção do Atlético-MG após a saída de Cuca.

Já a ida para o Mengão ficou mais difícil após uma negociação frustrada entre o clube carioca, Jesus e o Benfica. Uma comitiva rubro-negro chegou a desembarcar em Portugal para negociar a contratação do comandante português, mas o clube de Lisboa bateu o pé e exigiu o pagamento da multa rescisória para liberá-lo. Sem um acordo, o Fla desistiu de Jorge Jesus e apalavrou contrato com outro português, Paulo Sousa, que treina a seleção polonesa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: