Judoca Rafaela Silva é suspensa por dois anos por doping

A Federação Internacional de Judô (FIJ) comunicou a judoca Rafaela Silva a sua suspensão por ter sido pega no antidoping. Rafaela Silva fez o exame em agosto de 2019, durante os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. A judoca é campeã olímpica da Rio 2016.

A decisão da Federação Internacional de Judô (FIJ) pode tirar a judoca dos Jogos de Tóquio, no Japão, que iniciam no dia 24 de julho.

A punição de Rafaela SIlva tem duração de dois anos. A atleta já procurou um novo advogado, Marcelo Franklin, para entrar com recurso no CAS (Corte Arbitral do Esporte), que é a última instância do direito desportivo mundial.

Em nota, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) informa que está acompanhando “os desdobramentos do processo legal referente ao caso de doping envolvendo a judoca da seleção brasileira, Rafaela Silva, com a confiança de que a justiça prevalecerá.” O Comitê Olímpico do Brasil (COB) aguarda receber todas as informações sobre o caso. Rafaela Silva emitiu comunicado e não vai se pronunciar.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: