Júnior Lourenço usou R$ 113 mil de verba pública para manter escritório em São Luís

O deputado federal Júnior Lourenço (PL) manteve um escritório político pago com dinheiro público da Câmara Federal em São Luís.

As informações são do Portal da Transparência da Casa Legislativa.

Em 2021, o gabinete montado no condomínio empresarial Mendes Frota, localizado em um bairro nobre da capital maranhense, teve as despesas custeadas com verbas da Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap). No local, o parlamentar recebe eleitores e aliados políticos, como vereadores e prefeitos do interior.

Para pagar os custos do escritório, Júnior Lourenço apresentou 17 notas fiscais. Foram R$ 110.000 mil em aluguel de três salas no prédio comercial, R$ 2.662,40 mil em locação de cafeteira e R$ 645 em materiais de expediente e descartáveis.

Ao total, o dinheiro público bancou R$ 113.277,60 mil dos gastos do gabinete do deputado em São Luís.

Por Neto Ferreira

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: