Lençóis Maranhenses figura na lista de destinos preferidos em junho, ao lado de Ilhas Maldivas e Tulum

Os Lençóis Maranhenses estão entre os destinos preferidos pelos brasileiros. O crescimento expressivo nas vendas em junho deste ano, colocou o destino lado a lado com rotas como as Ilhas Maldivas e a cidade mexicana de Tulum.

As informações são do boletim mensal Dados e Cenários Futuros, divulgado nesta semana, pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), que responde por cerca de 90% das viagens de lazer negociadas no Brasil.

Com a vacinação contra a Covid-19, na capital maranhense, noticiada nacionalmente – São Luís está com mais de 95% da população adulta imunizada com a primeira dose –, o fato acabou trazendo viajantes ao estado.

“Isso se torna atrativo para que as pessoas nos visitem. O turismo interno continua muito aquecido, e a ocupação tem ficado na média de 70% com picos que chegam a 100% nos Lençóis Maranhenses. Nos polos São Luís, Delta das Américas e Chapada das Mesas, a procura é excelente”, apontou o secretário de Estado de Turismo, Catulé Júnior.

Ritmo quente

A quantidade de pessoas vacinadas no destino realmente entrou para a lista de aspectos considerados pelos viajantes na hora de escolher que lugar visitar. Quando a família Santos decidiu o roteiro destas férias de julho, o Maranhão levou a melhor, por um conjunto de fatores: o ritmo da imunização no estado foi um deles.

“Eu e meu marido vacinamos em junho. Mas, com dois adolescentes em casa, analisamos as regiões com maior avanço da imunização, lugares ao ar livre e temperaturas altas. Assim, escolhemos os Lençóis Maranhenses”, conta Cássia dos Santos, que viajou com o marido, Marcelo, e os filhos, Luana e Marcello. “Ficamos fascinados com a beleza do local. As lagoas são perfeitas, e o pôr do sol, na praia ou nas dunas, é um espetáculo”, afirmou.

Parada certa

Antes de voltar para São Paulo, eles dormiram uma noite em São Luís, que também se tornou parada certa para a maioria dos visitantes. Segundo a Secretaria de Estado do Turismo (Setur), a capital tem recebido mais moradores de outras regiões do Brasil. Em junho, 58% dos turistas da cidade saíram do Sul e do Sudeste, enquanto o Nordeste enviou 25% dos visitantes.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: