Locutor Lucas Felipe se pronuncia sobre nota do chefe da ortopedia do Hospital de Barreirinhas

O locutor Lucas Felipe se posicionou sobre a nota do chefe de ortopedia, Dr Niveo, do Hospital Regional de Barreirinhas referente ao caso que aconteceu nas dependências da instituição envolvendo o locutor e o médico Dr. Nícolas Resende. (Veja aqui).

Na nota o médico responsável pela direção ortopédica do hospital, Dr. Nívio Melo, diz:

”Essa acusação não procede. Esse paciente esteve durante a semana e já teria sido atendido por ele, sendo orientado pelo próprio Dr. Nícolas a retornar ao hospital. Acontece que o paciente quando chegou ao hospital já haviam outros pacientes com prioridades no atendimento, não querendo esperar sua vez para o atendimento uma vez que seu atendimento não se tratava de urgência e nem emergência, assim sendo, o paciente referido agiu de forma intempestiva e desrespeitosa com Dr Nícolas quebrando a relação, médico paciente. Dr. Nícolas sempre cumpriu com suas responsabilidades nesta unidade, de forma que pacientes não tem seu acesso negado por nenhum profissional do grupo da Ortopedia.

Nós fazemos com zelo nosso trabalho, porém, não admitimos desrespeito pelo nosso trabalho. Tomei conhecimento do fato ainda ontem, vamos apurar e tomar as medidas cabíveis, pois o vemos aqui, é uma tentativa de desclassificar um profissional altamente capacitado, que nunca se envolvera em problemas dessa ordem.

O locutor Lucas Felipe em vídeo refutou e desmentiu o fato relatado na nota, e disse que em momento algum ofendeu o médico em (questão) tão pouco pretendeu furar a fila.

“Eu apenas disse para ele melhorar o atendimento, as pessoas, ser mais humano e não atender da forma que ele estava atendendo”. Afirmou Lucas.

Lucas ainda disse que o médico Dr. Nícolas o xingou com palavras de baixo calão, e falou que ele tinha feito a tomografia e recebido radiação atoa, em seguida saiu da sala se recusando atendê-lo.

“Eu fiz a tomografia e o raio x por minha conta para saber o que estava se passando em meu joelho, pois doe muito e ao mostrar ao médico ele me tratou dessa maneira, me chamou de “p.” e disse que eu peguei radiação atoa e saiu da sala, somente porque eu disse pra ele melhorar o atendimento. E agora o chefe da ortopedia vem com essa narrativa totalmente sem rumo desvirtuando o que realmente aconteceu”.

Entramos em contato com o chefe de ortopedia do Hospital Regional de Barreirinhas, Dr. Nívio Melo, que por meio de ligação afirmou que as acusações do paciente, Lucas Felipe são infundadas. Disse que em nenhum momento o médico tratou o paciente em questão com desrespeito ou má educação, ainda afirmou que o paciente deu entrada no hospital na manhã de quinta-feira, as 10h14 e logo queria ser atendido na frente dos outros pacientes. O médico ainda afirmou que no HRB existem regras e o paciente tem que esperar sua vez. Mais no caso o paciente em questão queria ter preferência.

Afirmou também que o médico Dr. Nicolas Resende é um ótimo profissional sem nenhuma reclamação e no munícipio onde o paciente mora, em Paulino Neves, existe ortopedista sendo que o hospital daqui é apenas de urgência e emergência. Ressaltou que irão tomar as medidas judiciais para que tudo seja esclarecido e resolvido.

 

 

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com

 Siga, também o Imaranhao no Twitter, Instagram

Curta nossa página no Facebook

Inscreva-se no nosso canal no Youtube

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: