Lucas Lucco é condenado por plágio da música ”Mozão” lançada em 2014

O cantor Lucas Lucco foi condenado por plágio da música ‘Mozão’, single lançado pelo sertanejo em 2014. O artista terá que pagar um valor de R$ 104 ao cantor e compositor Gabriel Banderas. Pelas redes sociais, nesse domingo (13), o músico desabafou e disse estar com a consciência limpa.

O sertanejo usou as redes sociais para falar sobre a condenação e disse que nunca tinha ouvido falar da música de Gabriel Bandera antes de ficar informado sobre as notícias de plágio. “Pra quem não sabe, a música ‘Mozão’ é minha. Escrevi a música sozinho, em Goiânia, na época em que eu não tinha um nome ainda muito conhecido. Estava bem no início da minha carreira”, disse.

Lucas Lucco ainda falou que 10% da música tem registro de Wilibaldo Neto, que foi o produtor do single e responsável por ajudar o cantor. “Eu tava com um bolão de música pra registrar e falei: ‘dá 10% pro Wilibaldo de todas essas músicas, pela carona’. ‘Mozão’ tava no meio”, explicou.

O cantor pediu desculpas a Gabriel Bandera e disse que só foi ouvir a música pela primeira vez, após publicações de matérias sobre na internet sobre o possível plágio. “A suposta música que eu copiei é de um artista chamado Gabriel Banderas, e eu vim ouvir essa música pela primeira vez depois das matérias que circularam pela internet. Eu peço desculpas ao Gabiel porque eu realmente não o conhecia, não tinha ouvido suas músicas”, disse.

O sertanejo ainda afirmou: “Peço desculpas também por ter causado algum tipo de desconforto pra você, mas hoje eu deito na cama, vou deitar em meu travesseiro, com a consciência totalmente leve, totalmente limpa por saber que não fiz nada de errado”, finalizou Lucas Lucco.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: