Maia reafirma que a reforma tributária não pode aumentar impostos

Brazil's Lower House President Rodrigo Maia attends a news conference after a breakfast with journalists in Brasilia, Brazil February 16, 2018. REUTERS/Adriano Machado

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, voltou a dizer que é contra a criação de um imposto sobre transações financeiras. Ontem, Maia participou de encontro com empresários no Rio de Janeiro e afirmou que uma nova CPMF vai gerar mais carga tributária para sociedade.

Segundo ele, a reforma tributária não pode ser pautada pelo aumento de impostos. “Se nós criarmos a CPMF, nós teremos que criar mais um imposto, mais carga tributária para a sociedade, com o objetivo de exonerar a folha de pagamentos. A solução para a folha de pagamentos precisa ser construída com outro mecanismo. Esse não é o debate correto e pode dificultar a discussão que já estamos fazendo da proposta”, afirmou o presidente por meio de suas redes sociais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: