fbpx

Manifestação

Manifestantes protestam contra Jair Bolsonaro no Vale do Anhangabaú, em São Paulo

Milhares de manifestantes se reuniram no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, para protestar contra o governo de Jair Bolsonaro (sem partido), na tarde desta terça-feira, 7. O ato começou por volta das 14 horas (de Brasília) e se juntou ao movimento “Grito dos Excluídos e Excluídas”, que acontece anualmente no Dia da Independência do Brasil e tem como bandeiras saúde, comida, moradia, trabalho e renda. Além disso, movimentos populares e partidos políticos, como PT, PSOL e PC do B também marcaram presença no protesto.

Nas redes sociais, manifestantes que estão no Vale do Anhangabaú compartilharam imagens e vídeos do evento. É possível verificar faixas com a mensagem “Fora, Bolsonaro”, assim como cânticos pedindo o impeachment do chefe do Executivo. Além de registrar o descontentamento com o governo, os protestantes também reivindicaram melhores condições de vida, emprego e renda. Assim, muitos lembraram do alto número de mortos pela Covid-19, o crescimento da inflação e o aumento da taxa de desemprego.

A cerca de 3 km do Anhangabaú, manifestantes pró-Bolsonaro ocupam as faixas da Avenida Paulista para exaltar o presidente, criticar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e festejar o 7 de setembro. Por isso, o governador João Doria (PSDB) chegou a vetar que o ato contrário ao governo acontecesse nesta terça-feira. Contudo, uma decisão do juiz Rodolfo Ferraz de Campos, da 14ª Vara da Fazenda Pública, no dia 27 de agosto, assegurou o direito ao protesto, mas em um lugar diferente, a fim de garantir segurança aos envolvidos.

 

 

Advertisements

Deixe uma resposta