Maranhão tem o maior déficit de médicos do país

O estado do Maranhão tem a menor proporção de médicos em relação ao número de habitantes. De acordo com relatório elaborado por especialistas do do programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, em colaboração com outros órgãos e a UNICEF, o Maranhão é o segundo estado mais dependente do Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo a Associação Médica do Maranhão, as precárias condições de trabalho no interior do Maranhão mantêm os médicos concentrados na capital.

Segundo o estudo, no Maranhão, mais de 90% [93,1%] da população necessita de saúde pública. O estado também tem o menor número de médicos por habitantes. São 8,1 médicos para 10 mil habitantes.

No Maranhão, desde que o primeiro caso de Covid-19 foi confirmado, 4.716 profissionais da Saúde foram infectados pelo vírus, sendo que 88 morreram. Os médicos entram nessas estatísticas, mas com a redução nas taxas de infectados e mortos esse profissionais já conseguem enxergar o fim dessa guerra contra o vírus que já matou, só no Estado, mais de 10.200 pessoas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: