fbpx

Maranhão vence Pinheiro e inverte vantagem na Final da Copa FMF

No primeiro jogo da decisão da Copa FMF, o Maranhão venceu o Pinheiro, por 1 a 0, e inverteu a vantagem no último jogo. Agora, quem joga pelo empate é o MAC. A primeira partida foi realizada na tarde deste domingo (9), no Castelão, em São Luís. O único gol da partida foi marcado por Cléber Pereira, para o Maranhão. Assistiram ao jogo neste fim de semana, 724 torcedores ao todo, sendo que 688 pagaram ingressos para uma renda de R$ 11.010.

A grande final será as 19h30 da próxima quarta-feira (12), no Costa Rodrigues, em Pinheiro, e o time da casa precisa de uma vitória simples para ser o campeão. O Maranhão, se não conseguir vencer o jogo, basta empatar para festejar o título.

Quem vencer a Copa FMF vai jogar em 2019 a Série D do Campeonato Brasileiro. Por enquanto, as duas equipes estão apenas com o Campeonato Maranhense no calendário da próxima temporada. Quem garantir a vaga no Brasileiro, valoriza sua temporada. A última vez que o MAC jogou a Série D foi em 2017 quando quase conseguiu o acesso. O Pinheiro joga para tentar jogar pela primeira vez uma competição nacional. O time foi campeão maranhense da Série B – e consequentemente o acesso para a Série A do Estadual em 2019 – este ano e pretende acumular o segundo título no ano.

O primeiro tempo teve uma movimentação razoável. Algumas boas chances de gol foram criadas, mas o gol não foi marcado. O time do MAC teve duas boas oportunidades, inclusive a última com Cléber Pereira, de cabeça. O Pinheiro também chegou com perigo em algumas oportunidades, mas a pontaria dos atacantes não foi das melhores.

Maranhão e Pinheiro jogaram pela final da Copa FMF, no Castelão — Foto: Igor Leonardo / Maranhão Atlético

As maiores emoções ficaram mesmo para o segundo tempo. Teve bola na trave do MAC e o primeiro gol do jogo foi marcado por Cléber Pereira, para o Maranhão, aos 29 minutos da segunda etapa da partida. O atacante atleticano aproveitou a sequência do lance que já havia tido a defesa do goleiro Jailson, mas no momento seguinte Cléber empurrou para o fundo do gol.

Para complicar ainda mais a situação do Pinheiro, o atacante Lentine, que entrou no segundo tempo, foi expulso minutos depois de ter substituído a Trinca no jogo. Já no fim do jogo, quem foi expulso foi João Victor, do Maranhão.

O Maranhão jogou com Rodrigo Ramos; Matheus Rubens, Maicon, Wanderson e André Radija (Samuel); Abu, Tibiri, João Victor e Léo (Wanderson Diniz); Deylon e Cléber Pereira (Rodrigo). Técnico: Raimundinho Lopes.

O Pinheiro esteve em ação com Jailson; Vivico, Paulinho, Rilbert e Maycon; Heider, Tayson, Trinca (Lentine) e Neto; Júnior e Noleto (Mateus). Técnico: Luís Miguel. Do Ge/MA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: