Maranhense será repatriada da China e ficará de quarentena

Por meio de nota conjunta emitida neste domingo (2), o Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Defesa anunciaram que o governo brasileiro adota todas as medidas necessárias para trazer de volta ao Brasil os cidadãos brasileiros que se encontram na província de Hubei, especificamente na cidade de Wuhan, na China, região de origem da epidemia do coronavírus.

Dentre eles, há uma maranhense, Indira Mara Santos, de 34 anos, estudante de doutorado da Universidade de Huazhong, em Wuhan, epicentro do surto do coronavírus na China. Em entrevista a BBC, Indira contou que tentou viajar de Wuhan a Xangai e de lá embarcar rumo ao Brasil, porém a entrada e a saída de pessoas foram proibidas e o transporte público e aéreo foi suspenso. “Um dia estava tudo bem, no outro, estávamos na quarentena”, afirma Indira.

Serão trazidos todos os brasileiros que se encontram naquela região e que manifestarem desejo de retornar ao Brasil. Assim que chegarem ao Brasil, eles deverão ser submetidos a quarentena, de acordo com procedimentos internacionais, sob a orientação do Ministério da Saúde.

O Ministério da Defesa, por meio da Força Aérea Brasileira, trabalha na elaboração do plano de voo da aeronave, possivelmente fretada, que será enviada à China.

Portal Guará

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: