fbpx

Maranhão

Marceneiro é preso 9 meses após tentar matar chefe a marteladas no DF

Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), com apoio da Polícia Civil do Maranhão (PCMA), localizaram e prenderam, nessa segunda-feira (28/11), um homem suspeito de tentar matar outro a marteladas, na Asa Norte. O crime ocorreu em 23 de fevereiro deste ano, por volta das 14h, em um apartamento na 313 Norte. O autor chegou a fugir, mas foi encontrado na cidade do Brejo no estado do Maranhão.

O homem que foi preso trabalhava em uma marcenaria e foi realizar um serviço de instalação de painel de televisão na data e no endereço do cliente, quando, após um desentendimento, ele desferiu marteladas contra o dono da empresa.

A vítima foi socorrida e transferida ao Hospital de Base em estado grave diante de uma séria fratura no crânio. Passou por cirurgia e depois foi intubado.

As investigações avançaram diante da análise de filmagens, depoimentos e da apreensão do martelo utilizado no crime. Por meio de levantamentos feitos pela 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), também foi apurado que, após o crime, o autor teria fugido do DF com destino ao Maranhão.

Advertisements

Deixe uma resposta