fbpx

Polícia

Médica é sequestrada ao dar carona para colega em São Luís

Uma carona entre colegas de trabalho virou caso de polícia nesta quinta-feira (30), em São Luís. Dois homens foram presos suspeitos de sequestrar, extorquir e ameaçar uma médica e sua colega. A prisão aconteceu após uma abordagem de rotina realizada pela Polícia Militar no bairro do São Raimundo.

Segundo a Polícia Militar, os criminosos abordaram as vítimas no momento em que a médica parou para dar carona para uma colega de trabalho em um trecho da Avenida Guajajaras, na altura do bairro do Tirirical.

“Eles esperaram a médica parar o veículo para que a colega dela embarcasse e aí fizeram a abordagem, fizeram elas de refém. Ameaçaram as duas a todo momento e exigiram dinheiro o tempo todo”, afirmou o soldado B. Rodrigues do 43º Batalhão da PM, que participou do resgate.

Após serem sequestradas, os suspeitos obrigaram uma das vítimas a fazer um PIX no valor de R$ 9.500.  Os suspeitos desejavam encontrar uma agência bancária em local ermo para fazer saques em dinheiro com o cartão eletrônico. Sem localizar um caixa apropriado, o grupo rodou por várias horas.

O sequestro teve fim numa tentativa de fuga desesperada no bairro do São Raimundo. Ao avistar uma viatura da PM, os suspeitos tentaram fugir. Os militares iniciaram o acompanhamento tático dos homens, que abandonaram o veículo após troca de tiro. Um dos sequestradores foi baleado e outro capturado pela polícia. Os demais conseguiram fugir. As mulheres foram resgatadas sem ferimentos.

“A gente percebeu os suspeitos na Hilux em atitude suspeita. Tentamos abordar e eles atiraram três vezes contra a equipe. Solicitamos o apoio e iniciamos esse acompanhamento tático. Com apoio de outras viaturas conseguimos resgatar as vítimas sem ferimentos e prender dois desses criminosos”, finalizou B. Rodrigues.

Um dos suspeitos foi levado para o Hospital Clementino Moura (Socorrão 2), na Santa Efigênia, foi submetido a cirurgia e será encaminhado para a autoridade policial após liberação médica. O outro homem foi apresentado no plantão da Polícia Civil da Cidade Operária, onde foi autuado em flagrante por sequestro, posse de arma, extorsão e roubo.(difusora).

 

 

Advertisements

Deixe uma resposta