fbpx

Polícia

Menina de 12 anos tem bebê no Espírito Santo após ‘usar toalha do padrasto’, afirma casal

A Polícia Civil de Mimosa do Sul, no Espírito Santo, está investigando o caso de uma menina de 12 anos que deu à luz um bebê neste último domingo (24). A mãe da garota alega que a gravidez ocorreu porque ela usou a toalha do padrasto e tinha o hábito de usar suas cuecas. A equipe do hospital que fez o atendimento da pré-adolescente notificou a ocorrência à Polícia Militar devido à suspeita de estupro de vulneráveis.

Segundo a nota da PM, a menina chegou ao Hospital Apóstolo Pedro com o bebê nos braços, ainda com o cordão umbilical conectado ao corpo, e acompanhada da mãe e do enteado. Os médicos constataram que o recém nascido estava saudável, mas foi encaminhado ao Hospital de Cachoeiro de Itapemirim para exames, pois não houve acompanhamento médico durante a gestação.

Quando questionada pelos policiais, a mãe e o padrasto disseram que não tinham conhecimento de ato libidinoso que poderia ter resultado na gravidez. Eles afirmam que o incidente ocorreu porque a menina usou a toalha do padrasto. Além disso, o casal conta que a menina tinha hábito de usar as cuecas do padrasto e que ela reclamava constantemente de dores.

O caso foi passado para a Polícia Civil de Mimosa do Sul, que abriu um inquérito para investigar a gravidez misteriosa. Os agentes não repassaram mais detalhes para ‘preservar a apuração’.(o Globo)

Advertisements

Deixe uma resposta