Mês do idoso será marcado pela caminhada do aposentado em São Luís

Aos 80 anos, a aposentada Maria Irene Azevedo Rabelo já participou pelo menos 20 vezes da Caminhada do Aposentado, que este ano chega à sua 25ª edição. Para ela é uma oportunidade não só de fazer atividade física, mas também de confraternizar. “É uma animação boa demais. As dores todas melhoram porque além de caminhar a gente conversa com as pessoas e pode dar e receber um monte de abraços. Este ano, convidei todo mundo com quem convivo para participar”, garantiu.

A Caminhada do Aposentado acontece, nesta sexta-feira (18), na Avenida Litorânea. A atividade integra a programação alusiva ao mês do idoso em São Luís e é parte do calendário do Programa de Ação Integrada para o Aposentado (PAI), executado pelo Governo do Estado, por meio do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Maranhão (Iprev). A concentração será a partir das 8h30, no parquinho, com aula de alongamento. De lá, o grupo segue até a Casa das Dunas, subindo em seguida o trecho até o Centro Social dos Servidores.

“O Iprev tem entre suas atribuições o apoio aos servidores aposentados, serviço que oferecemos por meio do PAI. Esta caminhada já é uma tradição de outubro, em que se comemora o mês do idoso. O objetivo é tanto chamar a atenção para a importância do respeito aos direitos do idoso quanto conscientizar para a importância da prática da atividade física”, explicou o presidente do Iprev, Mayco Murilo Pinheiro.

A coordenadora do PAI, Arlete Pontes, também, destacou o caráter de conscientização do evento. “É um momento de visibilidade para os idosos. Ao caminhar todos juntos pela litorânea, eles mostram que são pessoas importantes, capazes e que têm direito a ocupar seu lugar no mundo e ver seus direitos respeitados. A caminhada é um momento de mostrar isso para o público em geral”, afirmou ela.

Para os aposentados é, sobretudo, um momento de encontro. “Sempre que posso, participo. É um pessoal muito alegre, animado, que está sempre brincando. Essa convivência faz bem e nos ajuda a aguentar os problemas do dia a dia. Além do mais, o evento é muito organizado, temos todo apoio para a atividade física e todo o aparato de segurança”, garantiu a aposentada Márcia Botelho, 72.

O Programa de Ação Integrada para o Aposentado (PAI) integra as políticas de governo de valorização dos servidores estaduais e também da pessoa idosa. Executado no Centro Social dos Servidores, o calendário de atividades inclui oficinas de atividade física e artística, assistência social, consultas médicas e reabilitação, além de uma programação cultural e de lazer.

Para participar, é preciso ser servidor público aposentado e comparecer ao Centro Social munido de documento de identificação pessoal e contracheque, para comprovar a condição de servidor aposentado. Para a atividade física, é preciso apresentar, também, atestado médico que comprove que o aposentado está apto a participar da atividade.

Maranhão Esportes

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: