Ministério da Saúde oficializa dois casos suspeitos de coronavírus no Maranhão

Nesta terça-feira (10), o Ministério da Saúde divulgou um novo boletim com as atualizações dos casos do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil. O Ministério incluiu, na nova lista, apenas dois casos suspeitos do Maranhão. Segundo o órgão, o Estado tem dois casos sendo investigados e dois já foram descartados. O Ministério não divulgou a idade e o sexo dos pacientes que foram oficializados como casos suspeitos.

Nessa segunda (9), a Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão (SES) havia comunicado que tinha subido para oito o número de casos suspeitos do novo coronavírus no Estado. E, nesta terça, a SES afirmou, por meio de nota, que todos os casos registrados no Estado haviam sido notificados ao Ministério da Saúde “a quem cabe a atualização do monitoramento do sistema”. Apesar de a SES ter informado que há oito casos sendo investigados no Maranhão, apenas dois casos suspeitos foram oficializados, nesta terça, pelo Ministério da Saúde.

Na tarde desta terça, a SES divulgou uma nova nota ratificando que oito casos suspeitos permanecem em investigação no Maranhão. Porém, não informou quais desses casos suspeitos foram os oficializados pelo Ministério da Saúde.

Veja, na íntegra, a nota divulgada pela SES nesta terça-feira (10):

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece que não há registro confirmado por Covid-19 no Maranhão, até o momento. Os oito casos suspeitos permanecem em investigação, o que inclui o envio das amostras coletadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (LACEN-MA) para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, em Belém (PA). Este processo de validação dos resultados está em curso e o laudo final será divulgado oportunamente.

No Maranhão, a gestão estadual está adotando todas as medidas para garantir assistência especializada nas unidades de saúde. Nesta terça-feira (10), por exemplo, quase 290 profissionais de saúde participaram do seminário de atualização sobre doenças respiratórias e o novo coronavírus, com foco nos procedimentos para diagnóstico laboratorial das doenças respiratória (H1N1 e Covid-19), bem como situação epidemiológica, manejo clínico e fluxo de atendimento.

Em São Luís, os oito casos suspeito de doença pelo coronavírus, seis mulheres e os dois homens, permanecem em monitoramento domiciliar. A medida está de acordo com os protocolos do Ministério da Saúde (MS) e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A SES informa que os casos suspeitos registrados no estado foram notificados ao Ministério da Saúde (MS), a quem cabe a atualização do monitoramento no sistema. Qualquer afirmação antes da conclusão do resultado da análise laboratorial é precipitada.

Perfil dos pacientes suspeitos do Covid-19:
1. Mulher, de 29 anos, procedente da Itália;
2. Mulher, de 19 anos, contactante do caso anterior;
3. Mulher, de 66 anos, procedente da Itália e França;
4. Mulher, de 28 anos, procedente de Portugal e Espanha;
5. Homem, de 35 anos, procedente de Orlando, Miami e Nova Iorque;
6. Homem, de 24 anos, procedente de Portugal;
7. Mulher, de 39 anos, procedente de Portugal;
8. Mulher, de 62 anos, histórico de viagem para França

Casos suspeitos e confirmados no Brasil

*Ainda de acordo com o novo boletim do Ministério, o número de casos confirmados do novo coronavírus subiu para 34 no país, com nove novos pacientes infectados em relação a ontem (9).

Além dos pacientes confirmados, foram registrados ainda 893 casos suspeitos, uma redução em relação a ontem, quando o Ministério da Saúde contabilizou 930 pessoas nessa situação. Já os pacientes com infecção descartada pelas autoridades de saúde ficaram em 780.

São Paulo segue liderando, com 19 casos. Além dos episódios no estado, foram identificados oito no Rio de Janeiro, dois na Bahia, um no Espírito Santo, um no Distrito Federal, um em Minas Gerais, um em Alagoas e um no Rio Grande do Sul.

Já no tocante aos casos suspeitos, São Paulo também está a frente (302), seguido de Minas Gerais (122) e do Rio de Janeiro (119), Rio Grande do Sul (70) e Distrito Federal (59). No recorte por região, o Sudeste concentra o maior número de pacientes com suspeitas (544), seguido do Sul (145) e Nordeste (111).

Apenas três Estados não possuem casos confirmados ou suspeitos: Roraima, Amapá e Tocantins. O Maranhão, que estava nesta condição até ontem, registrou dois casos suspeitos e dois pacientes com a infecção descartada.

Coronavírus no Distrito Federal

No Distrito Federal, a paciente infectada após uma viagem para o Reino Unido está internada no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). Segundo a Secretaria de Saúde da capital, ela apresenta quadro grave e instável e teve piora desde ontem, com febre e síndrome respiratória aguda severa.

Além disso, o marido foi obrigado – após decisão judicial – a realizar teste para a doença e se manter isolado, o que conforme a Secretaria do DF foi cumprido. Ainda não há resposta sobre o resultado do exame.

Coronavírus no Mundo

O Ministério da Saúde também divulgou a atualização dos casos de Covid-19 em todo o mundo, considerando informações até ontem no fim da tarde. No total, foram mapeados 109,5 mil casos, além de 3,8 mil mortes. A taxa de letalidade, que estava em 3,39%, subiu para 3,48% em comparação com o balanço anterior, com contabilizações de domingo.

A China concentra o maior número de casos (80,9 mil), seguida da Coreia do Sul (7,38 mil), Itália (7,37 mil), Irã (6,5 mil) e França (1,1 mil). Já no tocante às taxas de letalidade, os Estados Unidos lideram (5,16%), seguidos da Itália (4,96%), China (3,86%) e Irã (2,95%).

*As informações são da Agência Brasil.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: