Morre, aos 88 anos, vítima de Covid-19, Sálvio Dino, pai do governador do Maranhão

Morreu, aos 88 anos, vítima do novo coronavírus, Sálvio Dino, ex-deputado estadual e ex-prefeito de João Lisboa, pai do governador Flávio Dino. A informação foi divulgada na manhã desta segunda-feira (24), por meio de rede social de Flávio Dino.

Sálvio Dino foi diagnosticado com Covid-19 há algumas semanas e iniciou tratamento hospitalar na cidade de Imperatriz, sendo transferido posteriormente para o Hospital Carlos Macieira em São Luís. O estado de saúde de Sálvio era considerado grave até esse domingo (23).

Veja as postagens no perfil do governador do Estado:

 

 

Sálvio Dino nasceu em 5 de junho de 1932 em Grajaú, e era bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de São Luís. 

Ele iniciou a carreira política com dois mandatos como vereador em São Luís, entre 1954 e 1962, e foi eleito para dois mandatos de deputado estadual na sequência (1963–1968, 1975–1979). Em 1988, após a redemocratização, Sálvio venceu a disputa para a prefeitura de João Lisboa. Depois de ser derrotado na candidatura a deputado estadual em 1994, Sálvio Dino foi eleito para o segundo mandato como prefeito de João Lisboa em 1996. Depois disso, o político perdeu as eleições para prefeito em 2000 e 2004.

Autor de 13 obras literárias, Sálvio Dino era membro da Academia Maranhense de Letras, onde ocupava a cadeira número 32, e deixa três filhos: o governador do Maranhão, Flávio Dino, o vice-procurador-geral eleitoral do Brasil, Nicolao Dino, e o advogado Sálvio Dino Júnior.

O governo do Maranhão divulgou nota pesar em que se solidariza com a família e os amigos de Sálvio Dino. Leia na íntegra:

O Governo do Maranhão lamenta profundamente o falecimento do ex-deputado estadual e ex-prefeito de João Lisboa, Sálvio Dino, aos 88 anos, vítima de Covid-19.

Sálvio Dino nasceu em 5 de junho de 1932 em Grajaú, e era bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de São Luís.

Homem da literatura, Sálvio Dino ocupava a cadeira número 32 da Academia Maranhense de Letras. Suas obras incluíam poesias, contos, crônicas e relatos históricos e biográficos.

Na vida política, Sálvio Dino foi um grande defensor das instituições democráticas. Foi preso e teve seus direitos políticos cassados pela ditadura militar, em 1964.

O Governo se solidariza em especial com a família e os amigos de Sálvio Dino neste momento de perda e dor.

Por Imirante

 

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com. Siga, também o Imaranhao no TwitterInstagram e curta nossa página no Facebookse inscreva no nosso canal no Youtube. Entre em contato com nossa redação pelo WhatsApp ou ligue (98) 98400-0977

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: