fbpx

São Luís Saúde

MP investiga denúncias sobre qualidade de alimentos oferecidos no Socorrão 2

A 1ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde do Ministério Público do Maranhão instaurou um procedimento para fiscalizar a qualidade dos alimentos oferecidos pelo Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão 2, unidade gerida pela Secretaria Municipal de Saúde de São Luís.

O objetivo da ação é acompanhar a execução dos contratos de alimentação firmados entre a pasta e as empresas prestadoras de serviços. “É essencial fiscalizar a aplicação dos recursos públicos e a qualidade dos alimentos oferecidos aos pacientes do SUS. Os alimentos estavam péssimos! Isso foi atestado pela inspeção sanitária”, afirma o promotor de Justiça Herberth Costa Figueiredo.

As denúncias são antigas. Em julho, um paciente reclamou da alimentação fornecida pelo hospital e filmou a refeição oferecida aos pacientes.

O procedimento foi iniciado após a denúncia de um usuário do serviço de saúde, realizada pelo canal da ouvidoria do Ministério Público, ter sido constatada verídica. “Ovo não pode ser servido como proteína principal, mas apenas um complemento”, disse o promotor ao Difusora ON.

Herberth Figueiredo disse ainda que no decorrer do procedimento investigatório houve uma inspeção sanitária. Ele contou que o município de São Luís foi acionado para melhorar a alimentação junto a empresa fornecedora ou contratar outro fornecedor de alimentação hospitalar. “O procedimento foi concluso, aguardando tão somente o término da reforma do setor de nutrição e cozinha, o qual já foi judicializada e aguarda o término do prazo judicial marcado para janeiro”, finalizou.

Difusora ON questionou a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) de São Luís sobre as denúncias e a abertura do procedimento instaurado pela Promotoria de Defesa da Saúde. No entanto, até a publicação desta matéria a Semus não se pronunciou.(DIFUSORA ON)

 

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Deixe uma resposta