MP-MA e MPF pedem que Assis Ramos explique reabertura do comércio em Imperatriz

Após anunciar a reabertura gradual do comércio em Imperatriz, a partir de segunda-feira (18), o prefeito Assis Ramos foi notificado pelo Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e Ministério Público Federal (MPF) para comprovar neste sábado (16) os fundamentos médicos que estão servindo como base para que se realize a possível flexibilização das regras de distanciamento social.

O documento foi assinado pelo titular da 5ª Promotoria de Justiça Especializada da Defesa da Saúde de Imperatriz, Newton Bello Neto, e pelo procurador da República, Alexandre Ismail Miguel.⁣⁣⁣

⁣⁣⁣Os representantes ministeriais chamam a atenção para os dados científicos divulgados pela classe médica, de que alerta que, para cada caso confirmado do novo coronavírus pode haver mais 10. Desta maneira, em Imperatriz pode haver mais de cinco mil casos subnotificados, com relação aos 653 casos confirmados por exames de laboratório.

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com. Siga, também o imaranhao no TwitterInstagram e curta nossa página no Facebookse inscreva no nosso canal no Youtube. Entre em contato com nossa redação pelo Whatsapp ou ligue (98) 98400-0977.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: