Na briga entre Flamengo e Globo, quem perdeu foi o Vasco

A Globo rescindiu o contrato de transmissão do Caixão 2020. Alega que ele é superior e anterior à MP assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, que permite ao clube mandante ser o “dono” de seu jogo e negociá-lo com quem quiser. A MP foi assinada após uma vistos de Landim, presidente do Flamengo, e Campello, presidente do Vasco a Jair Bolsonaro.

O Flamengo, forte financeiramente, tentou vender o direito de seus jogos para a televisão aberta. Não conseguiu e transmitiu, ele mesmo, o jogo, com a sua televisão no YouTube. Foi um sucesso. Mais de 2 milhões de pessoas acompanharam. Como um show de Henrique e Juliano, reis das lives. E o dinheiro? O Flamengo não precisa do dinheiro do Carioca. Está usando a transmissão para acumular forças diante da próxima negociação com a Globo.

E o Vasco, que está seguindo os argumentos do Flamengo? Vai ficar sem jogos na Globo. E não vai dar retorno a seus patrocinadores. Vai explicar como? O Vasco pensou ser forte como o Flamengo e saiu sem nada. Deveria ter percebido isso ao aceitar ser coadjuvante do grande rival. Na briga do rochedo contra o mar, o Vasco foi um insignificante marisco.

 

 

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com. Siga, também o Imaranhao no TwitterInstagram e curta nossa página no Facebookse inscreva no nosso canal no Youtube. Entre em contato com nossa redação pelo WhatsApp ou ligue (98) 98400-0977.

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: