fbpx

Olavo diz que Bolsonaro é “prefeito de interior” e releva voto nulo

O polemista Olavo de Carvalho fez uma descrição pouco empolgada de Jair Bolsonaro, para dizer o mínimo, em uma live com os ex-ministros Abraham Weintraub, Ernesto Araújo e Ricardo Salles. Segundo Olavo, Bolsonaro não é “guerreiro” nem “estadista”. Estaria mais para um “prefeito de cidade de interior”.

Olavo disse entender o esforço de Bolsonaro para não parecer o extremista que de fato ele é.

“O que ele quer agora é parecer simpático, parecer bonzinho, parecer um bom administrador. O que de fato ele é, é um excelente administrador, de fato é o melhor que nós já tivemos pra lidar com obras públicas, economia. Está indo muito bem. Mas política ele não faz, e sobretudo, o guerreiro ele não é. Estadista ele não é, de jeito nenhum. Ele é como um prefeito de interior, é o Paulo Salim Maluf sem a roubalheira”, afirmou Olavo na live.

Em outro momento, Olavo disse não vê problema em quem prega voto nulo em 2022. O assunto foi trazido pelo ativista Paulo Figueiredo, neto do ditador João Figueiredo, último presidente militar.

“E voto nulo, professor? E quem está fazendo campanha de voto nulo aí?”, perguntou Figueiredo.
“Ah, faça voto nulo. Né?”, respondeu Olavo.
“Mas aí não é a mesma coisa, não é a mesma coisa que votar no Lula?”, questionou.
“Não sei, não acredito que isso vá fazer grande diferença”, relevou o polemista.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: