fbpx

Polícia

Operação policial prende 12 integrantes do Comando Vermelho em São Luís

Na manhã desta quarta-feira (29), cerca de 90 policiais civis saíram às ruas para combater uma organização criminosa em São Luís.  Os alvos foram endereços situados nos bairros do Polo Coroadinho, além do sistema prisional maranhense. No total, 12 pessoas foram presas.

O foco principal da megaoperação era cumprir mandados de prisão contra lideranças de uma organização criminosa que atuam de fora e dentro do sistema prisional. As equipes policiais tinham a ordem de cumprir 14 mandados de prisão e 17 de busca e apreensão contra integrantes do Primeiro Comando do Maranhão, investigados pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas e homicídio.

De acordo com as investigações policiais, o grupo é responsável por vários crimes de homicídios ocorridos na região do Coroadinho, entre eles, o caso de dois adolescentes que foram mortos, no dia 03 de julho de 2022, durante uma partida de futebol, no bairro Primavera/Bom Jesus. Além dos dois adolescentes, uma criança de 8 anos de idade foi ferida pelos disparos.

 

As investigações também revelaram que o grupo criminoso é responsável pelo tiroteio ocorrido no dia 18 de maio deste ano, que resultou nas mortes dos adolescentes Marília Mauritânia Alves Costa e Gabriel Silva Gomes, no bairro Vila dos Frades/Coroadinho.

O delegado Thiago Dantas, chefe do DCCO, disse que a operação se centralizou numa área específica, tendo em vista que o polo Coroadinho é uma espécie de “QG” do Primeiro Comando do Maranhão, conhecido como “PCM”.

A força-tarefa contou com as participações de policiais civis da SEIC, SHPP, SENARC e SPCC.(imirante).

 

 

Advertisements

Deixe uma resposta