Organização da Agritec deixa manifestações culturais de Barreirinhas fora da programação do Evento

Acontecerá nesta quarta-feira (6), no bairro Aeroporto, a abertura da Feira de Agrotecnologia/AGRITEC, que vai até sexta-feira (8), no município de Barreirinhas.

Com tudo quase preparado para o inicio da feira, surge uma dúvida no ar: “não há, em Barreirinhas, grupos culturais capazes de apresentar algo na feira?” a dúvida surgiu quando alguns dos coordenadores de grupos locais perceberam que não havia, sequer, um grupo cultural no cronograma de apresentação da feira.

Segundo informações, os membros e coordenadores de grupos de cultura do município estão reivindicando a inserção de grupos locais na feira. De acordo com alguns que reivindicam, o fato da não inclusão de grupos de Barreirinhas na programação do evento se dar por questões de partidarismo político. Em nenhum momento o conselho municipal de cultura de Barreirinhas foi procurado para tratar da feira.

Esta será a 19° edição da AGRITEC no estado, e será sediada em Barreirinhas. A feira consiste em cursos, oficinas, capacitações, palestras, e apresentações assim como várias outras atividades desenvolvidas nas bancas expositoras e no palco principal. A estimativa é que comparece cerca de 8.000 e 12.000 visitantes de todo o Maranhão.
Entre os visitantes, espera-se a presença das regiões Munim, Delta e Areias, e mais 16 municípios através de suas secretarias, sindicatos, associações de produtores e profissionais da agricultura, pesca e artesanato.

A Feira é organizada pelo Governo Estadual e tem o objetivo de reunir todos os agricultores e oferecer cursos para aprimorar as técnicas de trabalho, além de realizar várias apresentações que visam incrementar a cultura regional do estado.

Opinião

A importância da cultura popular na contemporaneidade deve-se à volta do tradicional, da busca do que era evidenciado apenas por um certo grupo de pessoas, do que era visto como atrasado e rústico. Com o avanço da tecnologia da informação o tradicional ganha um novo contexto, a reconversão como também a refuncionalização
redimensionam as manifestações populares no que se refere à construção da identidade brasileira. Portanto fica feio quando de forma estranha e com um nível baixo de valorização da cultura local “Barreirinhas”, esse comportamento que a comissão organizadora fez, em tirar as danças e manifestações culturais do município, do evento.

Então fica o pensamento, “Se faz um grande evento em uma cidade, aquela cidade respira cultura, porém aquela cidade não tem suas manifestações culturais convidadas para se apresentar no tal evento, é de se estranhar como o governo estadual trata a cultura maranhense”.

Entramos em contato com a organização da Agritec em Barreirinhas que em nota disse o seguinte.

Veja a nota

As manifestações culturais já citadas foram disponibilizadas pelos municípios. Quanto as locais, ainda a pouco conversamos com o responsável pelo Pérola dos Lençóis, Ze Maria Marques, já assegurando a participação representando a cultura local, e o tripa e bode também fará sua apresentação. A programação cultural definitiva iremos divulgar amanhã.
Participarão da AGRITEC 16 municípios das regiões delta, munim e lençóis. Os municípios que manifestaram interesse até o momento foram: Humberto de Campos, primeira Cruz, Paulino Neves, santa Rita. Como foi dito anteriormente o prazo para manifestação de interesse de apresentações culturais é até amanhã as 12:00, ainda estamos no aguardo dos demais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: