fbpx

Pacientes reclamam de demora no atendimento da UPA; homem chegou a desmaiar na fila

A demora no atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Operária, em São Luís, além da falta de médicos, revolta quem busca atendimentos no local. Um paciente, não identificado, chegou a desmaiar esperando para ser atendido.

Em entrevista à TV Mirante, a paciente Ana Cristina, disse que apenas dois médicos estavam de plantão e um deles se recusava a atender por falta de pagamento.

A Secretaria de Estado da Saúde disse à reportagem que o atendimento ontem foi normal e que mantém três clínicos gerais e dois pediatras de plantão, mas não foi isso que os pacientes ficaram sabendo.

A SES afirmou também que não há atraso no pagamento dos médicos contratos da UPA da Cidade Operária e deve apurar o caso.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: