fbpx

Polícia

Pastor da Assembleia de Deus é preso suspeito de 11 homicídios no interior de Pernambuco

Um pastor evangélico foi preso, nessa quinta-feira (21), suspeito de 11 homicídios em Vicência, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, e em Machados, no Agreste do Estado.

Segundo a Polícia, o homem vivia uma vida dupla. Parte do dia era dedicado aos trabalhos religiosos na Assembleia de Deus da Paraíba, enquanto, a outra era dedicada às mortes por dinheiro em Pernambuco.

O suspeito, identificado como Flávio Severino da Silva, conhecido como “Babidy”, supeito de assassinar 10 pessoas em Vicência, e uma em Machados, no agreste de Pernambuco.

A prisão do pastor aconteceu no município de Quirinópolis, interior do Estado de Goiás.

Operação Juízo Final

Denominada de ‘Juízo Final’, a operação foi deflagrada pela Polícia Civil de Goiás e tinha como principal alvo o pastor evangélico. Além disso, contou com apoio da Polícia Civil de Pernanambuco.

Em Pernambuco, Flávio exercia a atividade de pistoleiro em que era o braço armado de uma organização criminosa.

O Delegado Thiago Henrique afirmou à equipe da TV Jornal que a investigação durou cerca de um ano e foram encontrado comprovantes de transferências financeiras por pessoas ligadas ao Babidy, que condizia com as datas dos homicídios praticados.

Segundo o delegado, um dos principais casos de Babidy foi um triplo homicídio que aconteceu em Vicência, em plena luz do dia, por volta das 12h, a poucos metros da delegacia da cidade.(TV Jornal).

Advertisements