PM ferido em Timon tentou salvar mulher de assalto; suspeito é preso

Um dos suspeitos de participação na ação criminosa que terminou com um policial militar do Piauí baleado em Timon, a 450 quilômetros capital, foi preso na noite deste domingo (06), na Vila do Sapo, situada também no município maranhense. Segundo o tenente-coronel Edson Meneses, comandante do 6° BPM-PI, o cabo foi alvejado ao tentar impedir um assalto.

“Ele estava saindo de um evento religioso e visualizou uma senhora sendo assaltada. Mesmo de folga, ele verbalizou para os assaltantes que reagiram efetuando vários disparos. Um tiro atingiu a região do abdômen”, explica o comandante.

O PM baleado foi identificado como Airton Barros, lotado no 6° BPM-PI. Ele já foi submetido a cirurgia e passa bem. O suspeito preso foi identificado como Hudson Ferreira de Sousa. De acordo com o comandante, ele seria o responsável por pilotar a motocicleta.

“Ele estava com drogas e uma pequena quantia em dinheiro e foi reconhecido pelo próprio PM e mais duas vítimas. O atirador já foi identificado e será preso em questão de horas”, frisa o tenente-coronel.

Estado de saúde 

O diretor geral do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) , Gilberto  Albuquerque, informou que a vítima foi submetida a um procedimento cirúrgico ainda no domingo e está na enfermaria. “O tiro atingiu o intestino delgado. Amanhã, acredito que já vai poder se alimentar e se tudo continuar bem, na quarta terá alta”, informou o médico. Do Cidade Verde.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: