fbpx

Polícia Prisão

Polícia apreende 1t de cocaína e impõe prejuízo de R$ 500 mi ao PCC

A Polícia Civil de São Paulo apreendeu, nessa quarta-feira (27/3), mais de 1,2 tonelada de cocaína escondida em uma casa no Jardim Progresso, em Vicente de Carvalho, no Guarujá. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, a droga é avaliada em aproximadamente meio bilhão de reais.

Investigações do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) apontaram que o imóvel servia como um depósito do Primeiro Comando da Capital (PCC), onde a droga era armazenada antes de ser enviada para a Europa e a Ásia por meio do Porto de Santos.

Segundo a SSP, fora do Brasil, cada quilo de cocaína pode custar de US$ 80 mil a US$ 90 mil.

O secretário da Segurança Pública, Guilherme Derrite, afirmou que esse foi o maior golpe contra o crime organizado nos últimos anos.

“Trata-se do maior prejuízo ao crime organizado em anos. Essa é a prova do que estamos enfrentando no litoral de São Paulo: criminosos que, ao longo de décadas, estruturaram uma cadeia ilícita por meio do tráfico internacional de drogas e que, desta vez, estão sendo desarticulados por uma brilhante operação de inteligência policial”, afirmou Derrite.

Mulher foi detida

O entorpecente estava embalado e separado em 1,3 mil tijolos escondidos em sacos de ráfia na parte inferior de um dos cômodos da casa, que era cercado por tapumes. Ao receber os policiais, a moradora teria dado respostas evasivas e dito que a droga seria do companheiro.

Na casa, ainda foram encontrados dois simulacros de arma de fogo, um celular e a certidão de um homem que mora no local, mas que não estava no momento do flagrante. A suspeita foi encaminhada para a delegacia, onde foi autuada por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

A polícia ainda segue nas investigações para localizar o companheiro dela e apurar outros envolvidos na organização criminosa. ( metropoles )

 

 

 

 

Advertisements

Deixe uma resposta