Polícia Rodoviária Federal apreende ambulância de Davinópolis por irregularidades

Na manhã desta quinta-feira (10), a Polícia Rodoviária Federal (PRF), iniciou uma operação denominada de Asclépio, em referência ao Deus da medicina e da cura, segundo a mitologia greco-romana. O objetivo principal é identificar as principais irregularidades nos veículos de emergência do tipo ambulância, para assim garantir que a população receberá um atendimento de qualidade, e, por meio das atividades educativas e de fiscalização, melhorar as condições de trabalho dos motoristas profissionais deste tipo de veículo. A operação coincide com a data dedicada aos motoristas de ambulância.

No início da operação em Imperatriz, uma equipe da PRF flagrou uma ambulância da cidade de Davinópolis  na BR-010, que transitava sem o registro do veículo, ou seja, sequer tinha a placa. O veículo não transportava nenhum paciente. Os PRFs procederam à remoção do veículo até que seja regularizada a situação.

A operação Asclépio ocorre de forma coordenada em todo o Brasil e foi deflagrada após denúncias que demostraram a utilização dos veículos de emergência de forma irregular e inclusive em alguns locais eram utilizados para o cometimento de crimes.

enquantoissonomaranhao

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: