Prefeito de Santana do Maranhão tem mandato cassado pela Câmara e vice assume o município

A Câmara Municipal de Santana do Maranhão cassou nesta quinta-feira (8) o mandato do prefeito Francisco Pereira Tavares, conhecido como “Fransquim”.

Por 7 votos a 1 – com uma abstenção -, os parlamentares entenderam que o gestor cometeu crime de improbidade, segundo denúncia de um popular.

O prefeito afastado “Fransquim” foi acusado de realizar transferências, que segundo a peça, ilegais de contas do Município para contas pessoais da esposa e de um irmão secretário, além de usar veículo da Prefeitura para participar de um rally.

Constam ainda da justificativa do documento a falta de prestação de contas e atrasos nos repasses constitucionais para a Câmara.

NOVO PREFEITO 

Logo após a sessão de que cassou os direitos políticos de Fransquim Tavares, câmara municipal se reúne as 20:15 minutos em sessão extraordinária e empossa no cargo de prefeito Eldo de Oliveira PP que assumiu o governo municipal prometendo em seu discurso de posse, colocar Santana novamente nos trilhos do desenvolvimento e devolver aos Santanenses o orgulho de sua terra.
 O processo contra o gestor teve início a partir de denúncia formulada por Francisco Tavares Pereira, presidente do Sindicato dos Servidores, que apontou o cometimento de infrações político-administrativas, previstas no Decreto Lei n.º. 201/67, dentre elas destacam-se a transferência bancária da Conta do FUNDEB de número 10714-X, Agência 2826-6, Banco do Brasil S/A, para a conta particular do secretário de Educação, Wagner Pereira Tavares, irmão do prefeito, na data de 02/06/2017, agência 2826-6, Conta Corrente n.º. 1009-X, Banco do Brasil S/A, no valor de R$ 173.115,10, sem qualquer legalidade”.
Não bastasse esta transferência ilegal, o prefeito realizou uma transferência da Conta do ICMS da Prefeitura, CC n.º. 11655-6, Agência 2826-6, para a conta particular da sua cunhada e esposa do secretário, Maria de Fatima Alves dos Santos, Agência 2826-6, CC n.º. 11923-7, no valor de R$ 127.905,66″.
“Fransquim participou, nos dias 07 e 08 de outubro de 2017, do Rally (off road) Trilhas das Areias, percorrendo terrenos, alagados e dunas no município de Santana do Maranhão. Nada demais, se não fosse utilizando uma camionete Mitsubishi L-200 Triton 4 x 4 pertencente à Secretaria Municipal de Saúde. A denúncia também apontou que o gestor não encaminhou para Câmara prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2017”.

 

 

O Procurador do município esteve presente na sessão e acompanhou o processo.

Entramos em contato com o prefeito cassado, porém até o momento sem êxito.

Com informações do blog Gilberto Leda e Portal Romerio Carvalho

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: