Prefeitura anuncia antecipação das férias escolares e ajuda às famílias de baixa renda de São Luís

A Prefeitura de São Luís anunciou nesta quarta-feira (1º) que vai antecipar por 15 dias as férias dos alunos da rede municipal de ensino. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior havia determinado em 16 de março a suspensão por 15 dias das aulas, mas por conta do aumento do número de casos na capital maranhense, ele decidiu decretar as férias coletivas.

De acordo com o prefeito, a medida começa a valer a partir desta quarta e caso não haja uma redução da pandemia do novo coronavírus no estado, o período de férias pode ser estendido.

“Se daqui até lá não tiver passado essa situação que nós estamos vivendo, nós avançaremos para o restante de férias que temos disponível na rede, e aí as crianças não terão as aulas suspensas apenas, esses dias parados irão contabilizar como férias”, explicou o prefeito.

A prefeitura também anunciou que vai destinar um ‘kit alimentação’, que corresponde a uma cesta básica, para as famílias de 86 mil alunos matriculados na rede municipal de ensino. As cestas serão entregues no período que as crianças estarão fora das escolas por conta da antecipação das férias escolares.

O prefeito também anunciou uma assistência financeira para as famílias pobres com renda mensal de até R$ 89 e que estão na faixa de extrema pobreza em São Luís. O ‘auxílio-renda’ será de R$ 40 e vai ser destinado para 12 mil famílias que são inscritas no Bolsa Família, tenham filhos de zero a três anos e são chefiados por mulheres. O valor será depositado junto com o benefício federal.

“Nós vamos ter a oportunidade de avançar agora com o auxílio-renda para uma faixa que corresponde a cerca de 12 mil pessoas e essas pessoas estão na faixa de extrema pobreza, que são aquelas pessoas que ganham até R$ 89 reais por mês. Então essas pessoas que estejam escritos no Bolsa Família, que tenham filhos de zero a três anos, e são chefiados por mulher receberão a auxílio renda, neste período tão difícil que nós estamos vivendo do país e do mundo”, explicou Edivaldo Holanda Júnior.

As outras 56 mil famílias que estão cadastradas pelo programa Bolsa Família vão receber um auxílio por meio da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa) que consiste a 2kg de peixe e aquisição de alimentos de produtores da zona rural de São Luís. Os produtos adquiridos também serão destinados as famílias.

Coronavírus no Maranhão

São Luís é a cidade que mais registra casos do novo coronavírus no Maranhão, com 60 casos confirmados até a tarde desta quarta-feira (1º). A capital também registrou a primeira morte por Covid-19 no domingo (29).

Até o momento, o estado possui 62 casos de Covid-19 e monitora 754 pacientes com suspeita. Ao todo, já foram descartados 1.247 casos em todo o Maranhão.

Quarentena

Por causa da evolução no número de casos, a proibição de funcionamento de diversos comércios e estabelecimentos no Maranhão foi mantida por tempo indeterminado, mas, segundo o Governo do Maranhão, será reavaliada semanalmente. A proibição de funcionamento afeta os seguintes segmentos:

  • Bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres;
  • Templos, igrejas e demais instituições religiosas;
  • Museus, cinemas e outros equipamentos culturais, público e privado;
  • Academias, clubes, centros de ginástica e estabelecimentos similares;
  • Lojas ou estabelecimentos que pratiquem o comércio ou prestem serviços de natureza privada;
  • “Shopping center”, galeria/centro comercial e estabelecimentos congêneres, salvo quanto a supermercados, farmácias e locais que prestem
  • Serviços de saúde no interior dos referidos dos estabelecimentos;
  • Feiras e exposições;
  • Indústrias, excetuadas as dos ramos farmacêutico, alimentício, de bebidas, produtos hospitalares ou laboratoriais, obras públicas, alto forno, gás, energia, água, mineral, produtos de limpeza e higiene pessoal, bem como respectivos fornecedores e distribuidores.

Centro de Testagem

O Maranhão possui dois Centros de Testagem para casos do novo coronavírus. O primeiro, é localizado localizado na Policlínica Diamante em São Luís. O segundo também é localizado em São Luís, no Viva Beira-Mar.

Devem procurar os centros pessoas que estejam com sintomas de febre, tosse e dificuldade de respirar ou tenham feito viagens para outras áreas que estejam com casos confirmados da doença, e tenham tido contato com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19.

Os laboratórios estão recebendo a coleta de material para a realização de exames para Covid-19 e dando orientações sobre as medidas que devem ser tomadas após o laudo. Os locais funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Cuidados

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

G1

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: