Prefeitura de Barreirinhas incentiva a campanha de conscientização e prevenção ao suicídio do “Setembro Amarelo”

A Prefeitura de Barreirinhas, por meio da Secretaria de Saúde neste mês vem divulgar a campanha nacional do Setembro Amarelo.

O suicídio é um fenômeno complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero. Mas o suicídio pode ser prevenido. Saber reconhecer os sinais de alerta em si mesmo ou em alguém próximo a você pode ser o primeiro e mais importante passo. Por isso, fique atento(a) se a pessoa demonstra comportamento suicida e procure ajudá-la.

Nove em cada dez mortes por suicídio podem ser evitadas. O dado, da Organização Mundial da Saúde (OMS), indica que a prevenção é fundamental para reverter essa situação, garantindo ajuda e atenção adequadas.

A campanha visa sensibilizar e conscientizar a população sobre a prevenção do suicídio. É neste mês que ações em diferentes esferas sociais buscam promover a saúde mental e dar destaque a centros que oferecem ajuda a quem precisa.

Isolamento, perda de interesse por atividades de que gostava e frases como ‘preferia estar morto’ ou ‘quero desaparecer’ podem indicar a necessidade de ajuda.

 

 

 

O mês foi escolhido em razão do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, celebrado todo ano em 10 de setembro. A data é organizada pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e tem a Organização Mundial da Saúde (OMS) como copatrocinadora. O objetivo do dia é conscientizar as pessoas ao redor do mundo que o suicídio pode ser evitado.

Em ação desde 2015, o Setembro Amarelo foi criado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Durante o mês, monumentos em diferentes cidades também adotam a cor amarela em suas fachadas para dar visibilidade à causa. A cor amarela, segundo o site do CVV, representa a vida, a luz e o sol, simbolismo que reflete a proposta da campanha de preservar a vida.

O CVV é uma das ONGs mais antigas do país. Fundado em São Paulo em
1962, atua no apoio emocional e na prevenção do suicídio por meio do telefone
188, e também por chat, e-mail e pessoalmente.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: