Preso empresario por envolvimento em morte do prefeito de Davinópolis

O empresário Antônio José Messias foi preso no começo da noite desta quarta-feira (26) em cumprimento de mandado de prisão, suspeito de envolvimento na morte do prefeito de Davinópolis.

Os Delegados Praxisteles Martins e Jefrey de Paula concederam coletiva na manhã desta quinta-feira (27) e informaram que Antônio Messias foi identificado após a prisão dos suspeitos no dia 11 de dezembro.

Segundo o delegado Praxísteles Martins, algumas mensagens e denúncias anônimas já haviam chegado até à polícia, mas só foi possível chegar até o empresário após a prisão dessas pessoas. “Nós fizemos algumas diligências para tentar esclarecer essa participação. E no início, elas não resultaram em um retorno positivo, a princípio. Então nós seguimos com as outras informações que nós tínhamos e com a busca dos autores imediatos do crime. E logo que eles foram presos no dia 11, nós ouvimos essas pessoas, requeremos, fizemos acareações e dessas diligências emergiu o nome do Antônio Messias”, disse o delegado.

O delegado também disse durante a coletiva que as investigações apontaram definitivamente a participação de Antônio Messias, não no local do crime, mas com a organização criminosa que planejou o assassinato. “Então, a partir disso nós buscamos  aquelas informações que havíamos recebido antes e aprofundamos as investigações. O resultado foi esse, nós conseguimos arregimentar provas que colocaram Messias definitivamente na cena do crime, não no local do fato, mas na empresa criminosa que foi montada e organizada para o acometimento desse assassinato” completou.

O empresário Antônio Messias deverá ficar preso temporariamente, no prazo de até 30 dias. Ainda segundo o delegado Praxísteles Martins, foi cumprida uma ordem de busca em dois endereços, onde foram encontradas “provas importantíssimas”. De acordo com o delegado, as investigações do caso continuam com o objetivo de identificar definitivamente e apresentar à sociedade o autor do crime.Por Ma10

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: