Promotoria abre inquérito para apurar denúncia envolvendo presidente da Câmara de Vereadores de Imperatriz

A 6ª Promotoria de Justiça Especializada de Imperatriz, sob cuidado do promotor Albert Lages Mendes, abriu inquérito civil para apurar denúncia feita à Ouvidoria do Ministério Público do Maranhão contra a gestão do presidente da Câmara de Vereadores do município, José Carlos Soares (PV).

De acordo com a portaria que instaurou o procedimento, a manifestação ao órgão apontou “prática explícita de atos de corrupção passiva realizada de forma contumaz” por Zé Carlos, como é conhecido o vereador. Também irregularidades nas contratações das empresas Oliveira Castro Serviços e Comércio Ltda, conhecida como Empresservices – Serviços Empresarias; e Comercial Bialuc Eireli.

Ambas possuem endereço na própria Imperatriz, segundo registrado na Receita Federal.

Contudo, ressalta no documento o promotor Albert Lages Mendes, em levantamento prévio, verificou-se que a Comercial Bialuc não funciona há meses no local em que declarou ter sede.

Além disso, pareceres técnicos do Natar (Núcleo de Assessoria Técnica Regional) do MP-MA sobre processos licitatórios vencidos pelas duas empresas apontam diversas irregularidades.

O prazo para conclusão da investigação é de um ano.

Zé Carlos tem mais de trinta anos na vida pública, exercendo o sexto mandato parlamentar e o terceiro consecutivo na presidência da Câmara de Imperatriz. Para 2020, ele postula a prefeitura do município.

Atual7

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: