Quem é o general Eduardo Pazuello, que assume interinamente o Ministério da Saúde

O nome de Eduardo Pazuello já era conhecido entre os servidores do Ministério da Saúde e do Exército. Ele assume interinamente o cargo de ministro da Saúde após o pedido de demissão de Nelson Teich nesta sexta-feira (15).

Com a entrada de Teich, há menos de um mês, após a demissão de Luiz Henrique Mandetta, o general Pazuello havia assumido o cargo de secretário-executivo da pasta.

Como secretário-executivo, Pazuello vinha coordenando o setor de logística e distribuição do Ministério da Saúde. Ele havia assumido o posto no lugar do antigo secretário João Gabbardo Reis, da gestão Mandetta. Com a chegada dele, ao menos 10 militares também começaram a trabalhar na pasta.

Segundo a comentarista Thaís Oyama do programa 3 em 1, da Jovem Pan, a gota d’água para Teich deixar o cargo foi o pedido de Jair Bolsonaro para a mudança do protocolo do SUS no tratamento de pacientes com Covid-19. O presidente quer que a cloroquina seja administrada desde o início do tratamento.

A trajetória de Pazuello começa na Academia Militar das Agulhas Negras – onde se formou em 1984. Durante o governo de Michel Temer, Pazuello coordenou a Operação Acolhida, que cuidou de refugiados venezuelanos em Roraima.

Nascido no Rio de Janeiro, Pazuello é general de divisão do Exército e já participou de operações na selva, no Amazonas, quando ainda atuava como tenente e capitão.

Diante da coordenação de logística da pasta, Pazuello vinha destacando a importância da distribuição dos respiradores, principal equipamento para os casos graves de Covid-19. As ações na distribuição desses equipamentos e de EPIs são parte do apoio estratégico no atendimento aos estados acompanhando a dinâmica da doença no país, ou seja, onde a transmissão está se dando em maior velocidade.

De acordo com os últimos dados do Ministério da Saúde, o Brasil tem quase 14 mil mortes e mais de 202 mil casos da Covid-19.

 

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com. Siga, também o Imaranhao no TwitterInstagram e curta nossa página no Facebookse inscreva no nosso canal no Youtube. Entre em contato com nossa redação pelo Whatsapp ou ligue (98) 98400-0977.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: