fbpx

Giro

Rios no Maranhão e no Piauí sobem acima do nível esperado

O rio Itapecuru entrou, na última quarta-feira (16), em cota de inundação no município de Codó, e em estado de alerta na cidade de Caxias. Além disso, o rio Longá, em Esperantina (PI), e o rio Marataoan, no trecho que corre em Barras (PI), também atingiram a cota de alerta. O rio São Francisco segue estável acima do nível de inundação, no município de Propriá (BA), e em nível de alerta em Barra (BA).

Na bacia do Itapecuru, o rio subiu, em Codó, de 4,7 metros às 23h de terça-feira (15), para 6,9 m às 15h45 de ontem (16), ultrapassando o nível de inundação de 6,8 m na região. No município de Caxias, também houve um aumento considerável: na terça-feira, no mesmo horário em que o último boletim foi emitido, o rio apresentava 4,84 m de altura, ainda dentro da cota de atenção. Ao longo da noite, o nível começou a subir e, às 2h, a água atingiu a cota de alerta de 5 m.

Desde a tarde de terça-feira, o rio Marataoan, em Barras, encontra-se estável na faixa dos 4 metros — 20 cm abaixo do nível de inundação. No curso de água que passa pelo município de Esperantina, o nível do rio oscilou entre 6,6 e 6,8 metros ao longo das últimas 24 horas. A cota de inundação na região é de 7,4 metros.

Os dados completos e atualizados sobre a atual situação de todas as estações de monitoramento podem ser conferidos aqui. Os dados hidrológicos utilizados nos boletins são provenientes da Rede Hidrometeorológica Nacional (RHN), de responsabilidade da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), operada pelo Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM) e demais parceiros.

Advertisements

Deixe uma resposta