Roberto Rocha e Simplício Araújo se desentendem e trocam insultos nas redes socias

O clima esquentou, nesta última segunda-feira (23), entre o senador Roberto Rocha (PSDB) e o secretário estadual de Indústria e Comércio, Simplício Araújo (SD).

Os dois políticos trocaram insultos e xingamentos mútuos em um grupo de WhatsApp.

Tudo começou depois que o tucano sustentou a tese – divulgada por ele durante entrevistas concedidas em duas Rádios de São Luís – revelando que o grupo Brasil Kirin havia desistido de instalar uma fábrica da Heineken no Maranhão devido aos altos impostos cobrados pelo Governo do Estado.

Simplício retrucou e disse que o parlamentar estava mentindo sobre a informação e criticou o senador, que estaria jogando contra o Maranhão. A resposta do secretário foi a senha para iniciar o desequilíbrio do senador.

Roberto Rocha partiu para xingamentos baixos e xulos, e ameaçou agredir o secretário. “Se eu estivesse perto de você agora quebrava sua cara, vagabundo. Nunca mais apareça na minha frente, seu moleque filha da puta”, pronunciou.

A baixaria demonstrada por Roberto Rocha e as palavras proferidas podem virar caso de polícia, já que ameaça de agressão também é caracterizado como crime.

Veja a discussão:

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: