Sampaio Corrêa celebra 97 anos de fundação

Mesmo sem atividades por causa da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), que interrompeu competições esportivas em todo o mundo, o Sampaio Corrêa tem um motivo para comemorar: maior campeão do futebol maranhense, o Tricolor completou 97 anos de fundação nesta quarta-feira (25) e celebrou com a torcida nas redes sociais.

“O momento pode até não ser propício. Não há jogos, nem as bandeiras no Castelão, mas é impossível renegar esta data tão marcante para todos os bolivianos; criaturas de fé, fibra e coragem. Homens e mulheres que acreditam sempre na vitória, seja no campo ou na batalha pela vida. 97 anos de lutas e glórias. Uma história que ainda tem muito por contar. Parabéns, Sampaio Corrêa!”, diz a publicação no site oficial do Sampaio Corrêa.

O presidente do Sampaio Corrêa, Sergio Frota, também se manifestou sobre a data festiva e agradeceu aos torcedores pela contribuição na história do clube. “Muito ainda há por fazer. O momento do ser humano hoje, no mundo todo, é de reflexão, e só quero desejar os parabéns a cada torcedor, principalmente os mais humildes, que ajudaram o Tricolor de São Pantaleão a ser um dos maiores clubes de futebol do nosso Brasil. Que Deus abençoe a Bolívia Querida e a todos nós”, afirmou Frota.

A celebração do Sampaio Corrêa também foi estendida ao massagista Joel Sá, um dos ícones da história do Tricolor, que faz aniversário na mesma data da fundação do clube.

Maior campeão do futebol maranhense, com 33 títulos estaduais, o Sampaio Corrêa é o único time do estado a conquistar três títulos nacionais: a Série B de 1972, a Série C de 1997 e a Série D de 2012, as últimas duas de forma invicta. O Tricolor também foi campeão da Copa Norte em 1998 e da Copa do Nordeste em 2018.

O Sampaio Corrêa aguarda o fim da pandemia do coronavírus para voltar às atividades. O Tricolor é o vice-líder do Campeonato Maranhense, com 10 pontos em cinco partidas, e disputará o Campeonato Brasileiro Série B, depois de ter conquistado o acesso como vice-campeão da Série C em 2019.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: