Sampaio Corrêa perde de virada para o CSA e se complica na briga pelo acesso

A queda de produção do Sampaio Corrêa no Campeonato Brasileiro Série B ganhou contornos dramáticos na tarde deste sábado (2). Em partida válida pela 32ª rodada da Segundona e disputada no Estádio Rei Pelé, em Maceió, a Bolívia Querida até abriu o placar diante do CSA e deu esperança ao torcedor tricolor, que sonhava com o fim do jejum de vitórias na competição nacional, mas a equipe azulina buscou a virada em apenas cinco minutos, venceu por 2 a 1 e frustrou os planos da equipe maranhense, em situação cada vez mais delicada na batalha por uma vaga na Série A de 2021.

Depois de um primeiro tempo morno, com as defesas anulando os ataques, a produção das duas equipes melhorou na etapa final. Sofrendo para avançar ao campo de ataque, o Sampaio Corrêa contou com uma bela jogada individual para abrir o placar no Rei Pelé: aos 20 minutos, Marcinho arriscou o chute da entrada da área e acertou o ângulo de Matheus Mendes. A euforia tricolor, entretanto, durou pouco, já que Yago, dois minutos depois, recebeu cruzamento de Paulo Sérgio, cabeceou firme e empatou para o CSA. Embalado, o Azulão virou a partida aos 25, com Rone, que foi lançado por Yago e acertou um chutaço, sem chances para Gustavo. Nos minutos finais, o Sampaio pressionou em busca do empate, mas o CSA segurou a vantagem até o apito final.

Derrotado nas últimas quatro partidas que disputou e sem vencer há seis jogos na Série B, o Sampaio Corrêa perdeu fôlego na briga pelo G4. Com o tropeço em Maceió, a Bolívia Querida permanece na oitava colocação da Segundona, com 45 pontos, seis a menos que o CSA, que assumiu a quarta posição com a vitória no Rei Pelé e ultrapassou o Cuiabá nos critérios de desempate.

 

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com.

Siga, também o Imaranhao no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook,

inscreva-se no nosso canal no Youtube.

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: