São Luís tem 90% dos leitos de UTI do SUS dedicados à Covid-19 ocupados

Apenas 11 leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 estão livres na capital. A informação consta no boletim divulgado nessa sexta-feira (24).

Isso representa que a taxa de ocupação, precisamente, já é de 90,17%. São Luís tem hoje um total de 112 leitos exclusivos de UTI para infectados pelo novo coronavírus.

Com relação aos leitos clínicos, a taxa de ocupação está pouco acima de 60%. O total de leitos clínicos para Covid-19 é 267 na capital, e 161 já estão ocupados. Os dados se referem aos leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) disponíveis na rede pública.

No interior do Maranhão o panorama muda. A taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos para o tratamento da Covid-19 está em 3,70%. Com relação aos leitos clínicos, o percentual é de 6,54%.

Somente na capital, de acordo com o boletim mais recente, 1.668 pessoas foram infectadas pela Covid-19 e houve 81 óbitos.

A situação mais preocupante da capital tem levado o governo a adotar novas medidas. Entre elas, está o aluguel de mais dois hospitais privados que estavam com o funcionamento paralisado.

São eles: o Hospital Real, com 200 leitos, e o Hospital São José, com 50 leitos. As adequações estão sendo feitas neste momento para que os pacientes sejam recebidos.

A Secretaria de Estado da Saúde tinha alugado o HCI, na capital, que se tornou o primeiro hospital exclusivo para combater a doença. Agora, uma nova ala do HCI está sendo expandida para receber mais leitos.

Há, ainda, obras de construção do anexo com 50 leitos no Hospital Nina Rodrigues. A Unidade Mista do Itaqui-Bacanga, da Prefeitura, também está recebendo obras da gestão estadual.

O Hospital de Imperatriz vai receber mais equipamentos e leitos. Em Açailândia, será montado um hospital de campanha com 60 leitos, que será usado caso a doença atinja fortemente a cidade.

Em Lago da Pedra, o novo hospital da cidade está sendo concluído, com 50 leitos, que poderão ser usados no combate ao Covid-19.

Outro hospital prestes a ser entregue é o de Santa Luzia do Paruá, com 72 leitos, que também poderão receber pacientes contaminados com coronavírus.

Já em Caxias, o Hospital Regional vai receber mais 25 leitos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: