Sem conseguir criminalizar empresários, CPI dos Combustíveis mira Pacovan

Após falhar na tentativa de criminalizar empresários do ramo de revenda de combustíveis, o presidente da CPI dos Combustíveis, Duarte Júnior (PSB), tenta agora uma tábua de salvação para seus trabalhos.

Nesta quarta-feira, 30, o socialista conseguiu a aprovação, por unanimidade, da convocação do agiota Josival Cavalcante da Silva, o Pavocan.

Ele é tido como proprietário do posto Joyce VII, que tem Rafaely de Jesus Souza Carvalho como dona no papel.

Em depoimento hoje, Rafaely confirmou que não tem qualquer controle sobre o empreendimento ao ser questionada sobre processos de compra e venda de combustíveis pelo posto em seu nome.

Segundo documentos de posse da CPI, apesar de haver comprado pouco combustível, o posto efetuou venda de grandes quantidades em janeiro, período pesquisado.

A CPI deve ser encerrada em 15 dias.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: