Senado autoriza empréstimo de US$ 35 milhões para o Maranhão

O Plenário do Senado autorizou, na última quarta-feira (19), o Maranhão a fazer um empréstimo de US$ 35 milhões com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O dinheiro vai ser usado para financiar o projeto que desburocratiza e melhora a administração das receitas, a arrecadação e a gestão fiscal, financeira e patrimonial do estado (Projeto de Modernização da Gestão Fiscal do Estado do Maranhão – Profisco II).

A operação de crédito do governo do Maranhão com o BID foi explicada na Mensagem 118/2018 enviada pela Presidência da República ao Senado.

A liberação do empréstimo deve se dar em cinco anos: US$ 3,15 milhões em 2018, US$ 10,15 milhões em 2019, US$ 10,15 milhões, US$ 6,3 milhões em 2021 e US$ 5,25 milhões em 2022. A carência para o início do pagamento será de 66 meses e o pagamento (amortização) em 234 meses. A taxa de juros acordada no contrato é a Libor Trimestral e a taxa de supervisão de até 1% do valor do empréstimo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: