fbpx

Barreirinhas

Sopro Mágico promove cinema educativo no Bairro Residencial Brasil

O projeto Sopro Mágico promoveu no último sábado (07) um mini cineminha na comunidade do Bairro Residencial Brasil destinado as crianças.

O filme contou a história de Laerte (Lázaro Ramos) é um violinista que, após não passar em um teste para a OSESP, vai dar aulas em uma favela na periferia de São Paulo. Lá descobre um garoto com talento excepcional e por meio da música faz com que ele abandone o tráfico de drogas e dê um novo sentido para sua vida.

No olhar de cada criança via-se a oportunidade de ver um momento que levariam para toda sua vida, a alegria de cada uma delas era evidente e a gratidão estava presente em seus rostos.

Para Jota Silva, presidente do Instituto J. Silva e líder do Projeto Sopro Mágico, a iniciativa é levar um pouco de cultura e mostrar que mesmo em meio das dificuldades é possível vencer na vida.

Jota ainda reforçou que atitudes assim deveriam ser corriqueiras por parte dos poderes públicos.

Além do seu caráter crítico, o cinema, considerado como produção audiovisual, também é um dos principais veículos propagadores de representatividade. Filmes que abordam a diversidade cultural do país são potenciais de ampliação da visão de mundo das pessoas que certamente será levado para a vida das crianças que participaram.

 

Advertisements

Deixe uma resposta