Supostas marcas de óleo encontradas no Atins não são provenientes de petróleo derramado no litoral nordestino, diz Prefeitura de Barreirinhas

Nesta semana foi encontrada uma substância oleosa nas margens da praia do Atins, em Barreirinhas, sendo associado aos casos que vem ocorrendo em outras praiais nordestinas.

A pedido do Prefeito, o Secretário Municipal de Meio Ambiente esteve no local para averiguar e constatou que, felizmente, não se trata do mesmo material que tem manchado as praias no litoral nordestino.

Contudo, após análises da substância, a Prefeitura de Barreirinhas informou, nesta terça-feira (22), que as manchas encontradas na praia do Atins não se trata de petróleo, mas de um fenômeno natural ocorrido nesta época do ano.

 

 

A Prefeitura do município reforça ainda aos turistas que estejam querendo visitar as praias e demais belezas da cidade, para que fiquem tranquilos, pois a cidade não foi atingida pelo óleo.

Sobre o petróleo derramado na costa do Nordeste, ainda esta semana, voluntários retiraram cerca de 700 kg de óleo da praia da Travosa, no município de Santo Amaro, nos Lençóis Maranhenses.

O óleo foi retirado nessa quarta-feira (23) já endurecido. No total, 12 pontos foram com manchas de óleo foram identificados em todo o Maranhão.

De acordo com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a praia da Travosa foi o último ponto com óleo, que foi limpo, no Maranhão.

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: