Suspeito de sequestrar gerentes de bancos no Maranhão é preso no Pará

Foi preso na cidade de Marabá (PA), um homem suspeito de realizar crimes de extorsão mediante sequestro, na modalidade conhecida como “sapatinho”, contra funcionários de agências bancárias em cidades maranhenses. A prisão foi realizada nessa quinta-feira (27), pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), por meio dos departamentos de Combate ao Crime Contra Instituições Financeiras (DCRIF) e de Combate aos Crimes Tecnológicos (DCCT).

Segundo as investigações, o suspeito já praticou os crimes contra funcionários do banco Bradesco nas cidades de São Domingos, Bacabal e Paraibano, todas no Maranhão. De acordo com a polícia, os crimes eram realizados quando os alvos das ações criminosas eram forçados a retirar valores do próprio banco onde trabalhavam.

Conforme informações da Seic, o suspeito é considerado líder de um grupo criminoso e está sendo investigado desde o final do ano de 2019, quando praticou essa modalidade criminosa na cidade de Bacabal, distante 246 km de São Luís.

No mês de julho deste ano o indiciado chegou a sequestrar um dos gerentes do Banco do Brasil da cidade de São Domingos do Maranhão, mas ele não era o responsável pelo cofre do banco e foi liberado. Duas semanas depois, o suspeito fez o “sapatinho” (extorsão mediante sequestro) do gerente do Bradesco de Paraibano, consumando o crime.

Após o cumprimento do mandado de prisão preventiva expedido pelo juízo criminal da Comarca de Bacabal, o preso foi encaminhado ao Sistema Penitenciário onde permanecerá à disposição da justiça.

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com. Siga, também o Imaranhao no TwitterInstagram e curta nossa página no Facebookse inscreva no nosso canal no Youtube. Entre em contato com nossa redação pelo WhatsApp ou ligue (98) 98400-0977

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: