Tio e avó são presos suspeitos de estupro de vulnerável em Pinheiro

A Polícia Civil do Maranhão prendeu, nessa quarta-feira (5), um homem e uma mulher suspeitos pelo crime de estupro de vulnerável no bairro São Mateus, em Pinheiro.

Segundo a polícia, o homem que é tio e a mulher a avó da vítima, foram presos por meio de um mandado de prisão preventiva pelo crime cometido contra uma menor de 13 anos de idade.

Segundo a delegada Bruna Guimarães, o suspeito, que é casado com a tia da vítima, a forçava a manter com ele relações sexuais desde os 7 anos de idade. Ainda segundo a polícia, o crime era de conhecimento da mãe e da avó da vítima, sendo que a avó, no ano de 2019, presenciou um dos episódios em que o homem mantinha relações sexuais com a jovem.

De acordo com a delegada, foi o pai da vítima que descobriu o crime após encontrar vídeos pornográficos que o suspeito enviava para jovem, além de mensagens nas quais a jovem relatava para uma prima que estava sendo forçada a manter relações sexuais com o tio desde os 7 anos de idade.

O caso foi coordenado pela Delegacia Especial da Mulher de Pinheiro e após a adoção das providências cabíveis, o suspeito foi encaminhado à Unidade Prisional de Pinheiro, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A mãe da vítima não foi presa, pois segundo a Polícia Civil não há elementos suficientes nos autos da participação dela.


Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com

Siga, também o Imaranhao no Twitter, Instagram

Curta nossa página no Facebook

Inscreva-se no nosso canal no Youtube


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: